Como anda o seu tempo?

[Imagem: reprodução]
Uma das maiores dificuldades modernas consiste na boa gestão do tempo. Por todas as partes, os profissionais reclamam que trabalham mais, têm menos tempo pra si e que faltam horas no dia a dia. E isso tem acontecido em todos os tipos de serviço: sempre parece que falta tempo.

“Na verdade o tempo é sempre o mesmo. Nós temos 24 horas em um dia, faça chuva ou faça sol. Dormimos uma média de seis a oito horas, alguns mais outros menos, mas temos em média 18 horas acordados. Teoricamente, trabalhamos oito horas ou 10 horas, então teríamos, matematicamente, entre oito e 10 horas diariamente para nós”, diz Cesar Della, gerente geral de uma empresa de cartonagem.

Veja como tornar sua pesquisa na internet mais eficaz

Apesar de acostumados com o universo virtual, muitos estudantes ainda possuem dificuldades para fazer pesquisas escolares na internet. O grande problema é que nem sempre o material encontrado contém informações reais para o trabalho final, como é o caso da famosa enciclopédia virtual livre Wikipédia, famosa por possibilitar que qualquer pessoa edite seu conteúdo.

"Ela é a fonte que os alunos mais tentam usar, mas a prática deve ser evitada", aconselha Jacó Izidro de Moura, professor de física do ensino médio do Colégio Oswald de Andrade. Segundo ele, os alunos devem utilizá-la apenas como fonte de consulta primária e não como único meio de pesquisa.

Carolina Gil, psicopedagoga e coordenadora da sala de informática do mesmo colégio, relembra que a Wikipédia pode ser bastante útil na busca pelo conteúdo, mas é preciso olhar as informações que aparecem com cuidado. "O importante é ver quais são as referências, se há outros links indicados e ir atrás dessas fontes", explica.

Ensitec em reforma


Desde o ano passado, o Colégio e Faculdade Ensitec está passando por uma série de reformas que tem como objetivo proporcionar maior conforto e comodidade aos alunos.

Visita do CIEE/PR

No dia 27 de março, a agência de empregos e estágios CIEE/PR estará no Colégio e Faculdade Ensitec realizando a divulgação de vagas e o cadastramento dos alunos interessados. A visita terá início às 18h30 no hall de entrada do Ensitec, próximo às catracas.

Dúvidas? Entre em contato com o Departamento de Empregos e Estágios através do e-mail estagios@ensitec.com.br ou pelo telefone 3091-4529.
Fonte: Ensitec

Feira do Empreendedor Sebrae Paraná 2013

Ocorrerá entre os dias 21 a 24 de março, em Curitiba, a Feira do Empreendedor Sebrae. A feira contará com expositores de todo o Estado além de mais de 100 ideias de negócios, consultorias e palestras com temas variados como marketing, finanças, inovação, entre outros.

Serão realizadas quatro palestras magnas com profissionais de renome: Marcio Valério Gazin, no dia 21; o apresentador Serginho Groisman, no dia 22; Ricardo Amorim, no dia 23; e Walter Longo, no dia 24.

Para se inscrever, basta acessar o site do Sebrae http://www.sebraepr.com.br/. O evento é gratuito e ocorrerá das 14h00 às 22h00, na Expo Unimed, no bairro Campo Comprido.
Fonte: Da redação Ensitec

É nas pequenas empresas que estão as maiores chances

Estudo do Sebrae mostra que as oportunidades de carreira começam nas micro e pequenas organizações

Ao contrário do que pensa a maioria esmagadora dos jovens em início de carreira, as melhores oportunidades de aprendizado e desenvolvimento profissional não estão nas grandes corporações nacionais e multinacionais, mas nas micro e pequenas empresas.

Segundo o Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa (MPEs) feito pelo Sebrae, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os pequenos negócios, com faturamento de até R$ 3,6 milhões por ano, foram os responsáveis pela contratação formal de 52% da mão de obra no país entre 2000 e 2011. No Paraná, no mesmo período, elas geraram 550 mil vagas.

Para o diretor-superintendente do Sebrae Paraná, Allan Marcelo de Campos Costa, além de serem menos sensíveis às crises internacionais, as MPEs também são as grandes geradoras do primeiro emprego. “Para os jovens que saem da faculdade para o mercado, sem qualquer experiência, elas oferecem oportunidade de desenvolvimento rápido, além de um ambiente mais desafiador para aprender e empreender”, afirma Costa.

Quem não fidebeca se trumbeca

Inspirado na famosa frase do Velho Guerreiro: "Quem não se comunica se trumbica", resolvi criar uma parecida. Quem não fidebeca se trumbeca!

Já peço, de pronto, desculpas pela ousadia em relação ao vernáculo pátrio, criando uma forma meio estranha aos ouvidos do leitor (fidebeca), porém a intenção aqui foi a de fazer uma analogia com a famosa frase do Chacrinha, procurando chamar a atenção para essa importante ferramenta de desenvolvimento humano.

Discussões linguísticas à parte, a idéia principal desta minha análise é sobre a dificuldade de se ver o tal feedback sendo praticado eficazmente nas organizações. Na hora de ACONTECER, principalmente nos momentos formais da avaliação do desempenho, parece que há uma crise generalizada de pânico que obriga a muitos voltarem às suas zonas de conforto, travestindo o pobre do feedback em coisas como elogio, crítica, bronca, etc. E porque será que isso ocorre?


 

Layout por GeckoandFly | Download por Bola Oito e Anderssauro.